Porto de Galinhas

    2
    141

    Quer tranquilidade, boa estrutura, piscinas de águas cristalinas, mornas e com uma variedade de peixinhos coloridos? Vá para Porto de Galinhas que está localizada no município de Ipojuca, no Estado de Pernambuco e fica a apenas 50 km do Aeroporto de Recife.

    Porto de Galinhas

    A cidade já foi eleita pela revista Viagem e Turismo, da Editora Abril, como a “Melhor Praia do Brasil” por 10 vezes consecutivas.

    Inicialmente, a praia era chamada de Porto Rico, devido à fartura de pau-brasil. Sendo o principal ponto de comércio de escravos ilegais no nordeste brasileiro. Eles chegavam escondidos embaixo de engradados de galinha d’angola. A chegada dos escravos ao porto era anunciada pela frase tem galinha nova no porto! 

    E foi assim que, a praia de Porto Rico ficou conhecida como Porto de Galinhas. No início da década de 1990, passou a ser muito procurada pelos turistas. Isso causou muitos danos à vida marinha na região, obrigando que fosse iniciado o controle da atividade dos turistas a partir de 2014.

    Como Chegar a Porto de Galinhas

    Existem várias maneiras de se chegar até Porto. Caso você tenha adquirido um pacote, na maioria das vezes, o translado entre o aeroporto e o hotel já está incluído no preço.

    Se você for por conta própria, você terá algumas opções:

    • Alugar um carro – isso te trará outros benefícios, como a liberdade de conhecer por conta própria as belas praias da região. Caso você escolha alugar um carro, sugiro que faça isso pela a Rentcars que é uma comparadora de preços de aluguel de veículos. 
    • Táxi ou Uber – cujas corridas terão valor variado, entre R$ 110 e R$ 160,00. 
    • Ônibus – o trajeto é feito pela Viação Cruzeiro linha 195, que passa dentro do aeroporto, próxima da saída A4. Os ônibus saem de hora em hora e demoram duas horas e meia para chegar até Porto. O primeiro ônibus passa as 5:20 e o último às 19:10. Caso queira consultar, basta acessar aqui e filtrar pela linha 195. Os valores em abril de 2019 são R$ 11,45 e R$ 16,75.
    • Transfer – existem várias empresas que fazem o transfer do aeroporto de Recife até os hotéis de Porto de Galinhas. Em minha última viagem contratei o transfer com a empresa Faby Buggy e paguei R$ 130,00 o trajeto. Na hora em que saí do desembarque já tinha um profissional da empresa me aguardando. Foi bem rápido e em menos de uma hora eu estava em Porto. (valores em abril de 2019).

    Minha Viagem para Porto de Galinhas

    É sempre bom voltar ao Recife. Em minha última viagem fui direto para Porto de Galinhas que é um verdadeiro Paraíso do Nordeste, com um cenário de cinema.

    Ficamos hospedados na Pousada Arandu. Como fomos fora de temporada, ganhamos o trajeto de volta, assim pagamos só o táxi da ida. A pousada é simples, mas muito aconchegante. Possui quartos amplos, piscina e um delicioso café da manhã. Sua localização é excelente: fica apenas a 40 metros da praia e 500 metros das piscinas naturais. 

    As piscinas naturais só aparecem na maré baixa e se transformam por 3 ou 4 horas em verdadeiros aquários. O horário das marés não é constante, varia de 45 minutos a 1 hora do dia anterior. Procure essa informação quando fizer a reserva, pois os hotéis/pousadas tem essa tábua da maré. Quanto mais seca a maré mais cristalina fica a água das piscinas. O nível das marés varia com a lua. Durante as luas cheia e nova a maré fica baixa, sendo a época ideal para conhecer as piscinas.

    A piscina abaixo é conhecida como Mapa do Brasil, repare seu formato:

    3 (2)

    Fomos para as piscinas de jangada, o passeio é muito bonito e os peixes coloridos vão acompanhando o trajeto. A água é morna e transparente. Os jangadeiros entregam ração para alimentarmos os peixes que seguem as jangadas. Quando a maré esta muito baixa, conseguimos fazer a travessia pelo mar. Mas temos que estar atentos, pois a maré sobe muito rápido dificultando a volta.

    Veja as Jangadas levando os Turistas para as Piscinas Naturais:

    4 (2)

    Observe os Peixes Coloridos Acompanhando a Jangada:

    5 (2)

    Repare na quantidade de peixes nas Piscinas Naturais. Eu estava dando ração para eles. Foi uma experiência gratificante. Para quem está com crianças, elas ficam super empolgadas em alimentar os peixinhos.

    7 (2)

    Não se esqueçam de levar chinelo, pois os recifes machucam os pés. Os corais são irregulares e têm muitos ouriços no chão. Caso você pise em um, dói muito!!! Veja um ouriço na palma da minha mão:

    8 (2)

    Atualmente o acesso às piscinas naturais é controlado. Só podem entrar 75 pessoas por vez. Temos que entrar numa fila, pegar uma pulseira, ouvir as instruções de preservação e você só poderá ficar apenas 20 minutos nos corais. Hoje não podemos mais nadar com os peixinhos, agora é proibido entrar nessas piscinas e elas são fechadas. Só é permitido entrar nas piscinas abertas. Isso foi feito com o intuito de preservar os corais.

    Repare no tamanho das piscinas naturais, mergulhar nelas é muito gostoso:

    9 (2)

    Para completar e ficar melhor ainda, fizemos compras no centro da vila. Ela é cheia de lojas vendendo artesanato local: são galinhas de cerâmica, bordados, redes, mantas…

    Os restaurantes, além de bonitos, oferecem pratos à base de frutos do mar e também da cozinha regional, como: carne-de-sol, escondidinho e galinha cabidela. Depois que o sol se põe, é possível aproveitar os bares, que tocam músicas ao vivo até altas horas.

    10 (2)

    Todos os dias eu levantava muito cedo, tomava um delicioso café da manhã com tapioca e cuscuz com leite de coco e corria para a praia. Em frente a pousada não tinha movimento, por isso eu fazia minhas caminhadas perto das piscinas naturais.

    Alugava um guarda sol, cadeira e não saia dali nem para almoçar. A comida da praia é saborosa e tem muita variedade. Comi muito queijo assado, camarão, peixe, ostra, casquinha de caranguejo etc. Além das opções vendidas nos quiosques, existem vários vendedores ambulantes vendendo de tudo.

    A foto abaixo mostra a galinha que é o símbolo da cidade, está localizada na entrada da vila. Não deixe de tirar fotos, pois é uma excelente recordação. Nas lojinhas você consegue comprar as mais variedades de artesanato no formato de galinhas.

    13 (2)

    No final do dia o que nos resta é sentar num dos restaurantes da vila e apreciar a lua. Quando é noite de Lua Cheia tudo fica mais belo ainda, é um cenário deslumbrante e inesquecível. Eu ficava bastante tempo apreciando o luar.

    Porto de Galinhas - Vamos Por Aí

    Próximo a Porto, existem várias praias. Algumas você consegue chegar a pé.Conheci a Praia de Muro Alto e a Praia do Cupe caminhando pela orla.

    Muro Alto é uma praia que possui arrecifes formando piscinas de água calmas e mornas. A maioria dos hotéis e resorts está localizada nessa área.  Seu nome deriva das falésias de 3m que formam um paredão em boa parte da sua extensão.

    Porto de Galinhas - Vamos Por Aí

    Praia do Cupe é uma praia muito usada pelos surfistas. Nos trechos sem arrecifes, as ondas são bem fortes. O mar é muito agitado e exige atenção redobrada dos turistas. Possui muitos hotéis, pousadas e casas de veraneio.

    Porto de Galinhas - Vamos Por Aí

    Espero que tenha gostado de minhas dicas desta cidade linda! O blog Tirando Férias também fez um post bem legal dando dicas sobre sua viagem para Porto, veja Maravilhosas Piscinas Naturais em Porto de Galinhas.

    Como é o clima em Porto de Galinhas

    Como na maioria das cidades do Nordeste, em Porto de Galinhas faz calor o ano inteiro. É difícil a temperatura mínima da cidade ser inferior a 24°C. 

    Repare no gráfico abaixo a temperatura em Porto de Galinhas em cada mês do ano:

    Quais os meses mais chovem em Porto de Galinhas
    Gráfico tirado do site Clima Tempo

    Quais são os meses que mais chovem em Porto de Galinhas?

    Os meses que mais chovem em Porto de Galinhas são: 

    • Maio
    • Junho
    • Julho

    Qual a melhor época para viajar para Porto de Galinhas?

    A baixa temporada em Porto de Galinhas ocorre entre os meses de maio a julho, que são os mais chuvosos. 

    Já a alta temporada vai de dezembro até depois do carnaval. Nessa época os preços ficam mais altos e a cidade fica lotada. Se você tiver que viajar nesse período, faça suas reservas com antecedência, para garantir os melhores preços. 

    A melhor época para viajar para Porto de Galinhas são os meses de setembro, outubro, novembro e depois do carnaval até início do mês de abril, período em que as chuvas irão começar. 

    Além de se atentar ao clima é importante também ficar atento a Tábua de Marés para conseguir aproveitar as piscinas naturais da cidade. 

    Mais Dicas sobre Pernambuco

    Praia dos Carneiros: um paraíso em Pernambuco

    Praia de Maracaípe 

    Olinda: famosa por suas ladeiras

    O que fazer em Recife

    Gostou da Dica? Então acesse o Facebook e curta nossa página!

    Se vai viajar:

    • Reserve seu hotel pelo Booking;
    • Compre seus passeios e ingressos pelo Touron;
    • Veja o seguro ideal para cada viagem! Compre seu seguro viagem pelo comparador Seguros Promo;
    • Encontre os melhores preços e compre sua passagem aérea pelo Viajanet e boa viagem!
    • Compare os melhores preços em mais de 100 locadoras de veículos Rentcars; 
    • Clique nos links acima, faça sua pesquisa e compre por lá, você não paga nada a mais e ainda ajuda nosso site a continuar dando boas dicas de viagens!

    2 COMENTÁRIOS

    1. Fiquei impressionado com as imagens desse lugar que quando vemos em detalhes são ainda mais bonitos! Acho que o trabalho de vocês pode ajudar a muita gente valorizar o Brasil porque gastamos horrores para conhecer o mundo e a beleza tão perto da gente…vamos por aiiiiiiiiiiiiii!

    E aí Gostou, Não Gostou? Deixe Seu Comentário: