Dicas

Como Conciliar Viagens e o Ano Letivo?

Confesso que faz pouco tempo que passei a ter esta preocupação. Meu filho está com sete anos e foi alfabetizado no ano passado, quando passei a ter que pensar no impacto que sua ausência às aulas teria em seu aprendizado. 

Não gosto muito de viajar nas férias escolares, pois além dos preços estarem mais altos, grande parte dos destinos esta lotado. Então como concilio minhas viagens e a escola de meu pequeno?

Essa é uma pergunta que interessa a todas as famílias que querem viajar e vai acompanhá-las por muitos anos. É uma preocupação que se inicia com a alfabetização e só vai terminar com a conclusão do ensino superior.

Bom, não faço mágica! Planejo as viagens, meu filho falta aula e pronto. Simples assim? Depende do ponto de vista.

Dou muito valor a educação. Meu pequeno só falta aula em duas situações: a primeira por doença e a segunda por causa de nossas viagens! Acompanho sua rotina escolar de perto. Ajudo nas tarefas, a estudar para prova, a fazer trabalhos, lemos juntos todas as noites. Sou uma mãe super presente em sua vida escolar. Mas sinceramente até hoje ainda não deixei de viajar por causa da escola. Não deixaria ele faltar um mês de aula, aí também é exagero, mas faltar uma semana, não vejo problema. Acho que não são tantos dias e que dá para recuperar a matéria que foi dada. Pode ser que daqui a alguns anos a minha opinião mude, mas hoje acho que dá tranquilamente para conciliar. 

img_20160901_141741182_burst000_cover_top

Combinado Não é Caro

Antes de viajarmos, combino com meu pequeno que quando voltarmos ele terá que fazer as tarefas de casa. E assim fazemos. 

Acabamos de voltar de viagem. Passamos nove dias maravilhosos na Bahia em pleno mês de setembro. Muitas pessoas me perguntam: e a escola? 

Confesso que minha maior preocupação era ter prova bem nos dias de nossa viagem. Mas graças a Deus isso não aconteceu. Normalmente organizo a viagem com muitos meses de antecedência e não sei ao certo qual será a semana de provas. 

Para evitar isso, tento viajar perto de feriados, pois geralmente nestes dias não tem prova, pois as escolas já sabem que muitos alunos viajam.

Viajar perto de feriados tem outro ponto positivo: a multiplicação dos dias!!! Você pega o fim de semana antes e o depois e  consegue transformar cinco faltas em dez dias de férias! Foi isso que fiz!

img_20160910_092424790

Voo de Salvador para Goiânia em setembro de 2016

Última Viagem

Viajamos no feriado de 7 de setembro (que caiu numa quarta-feira). Saímos na quinta à noite e voltamos no outro final de semana e ele só faltou 5 dias de aula. Sinceramente, não acho que isso prejudicou meu filho.  
Alguns dias antes da viagem, fui até a escola e avisei para a professora.  Pedi para ela mandar as tarefas de casa por um coleguinha, pois quando retornássemos de viagem, ele faria as tarefas e colocaria a matéria em dia. E fizemos isso.

Confesso que fiquei morrendo de pena do Gabriel quando ele teve que fazer a tonelada de tarefa de casa. Para não ficar muito cansativo, combinamos que ele teria três dias para atualizar a matéria. Ele fazia um pouco do dever, descansava um pouco, voltava, fazia mais um pouco e no final deu tudo certo. 

Acho que seu aprendizado seria prejudicado se eu agisse de outra forma. Se ele não fizesse todas as tarefas dos dias que faltou aula, eu estaria atrapalhando sua rotina escolar.  

Dicas

  1. Anotar a data das provas deste ano para te ajudar a planejar suas viagens do ano seguinte. Fiz isto. Anotei anotei no meu calendário todas as provas que ele teve. Quando for planejar minhas próximas viagens, consultarei minhas anotações. Certamente as provas não serão no mesmo dia, mas devem ser próximas. 
  2. Marcar viagens próximas a feriados para ter o benefício da multiplicação dos dias.
  3. Marcar viagens na primeira semana de aula, pois normalmente o conteúdo dado nesses dias não é tão grande e é fácil de repor. Fiz isso no ano passado. Fomos para o Chile nos últimos dias de julho e ele faltou a primeira semana de agosto. 
  4. Conversar com a professora e pedir para ela mandar as tarefas dadas na ausência do seu filho. 
  5. Não deixar seu filho faltar aulas, a não ser em casos de extrema necessidade: doença ou viagem!
  6. Viaje muito!!! Viajar é uma das melhores coisas que fazemos em nossas vidas! Conheça pelo menos um lugar novo todos os anos e leve seu filho junto!!!

Blogagem Coletiva #ViagensEEscola

14520594_1141593865876096_1135795118146517316_n

Confira também os outros blogs que participam de nossa Blogagem Coletiva #ViagensEEscola e descubra o que outras famílias viajantes acham deste assunto:

1 – Viagens que Sonhamos

2 – Viajar hei

3 – Vamos Por Aí

4 – Diário de Viagem

5 – Viajo com filhos

6 – Felipe, o pequeno viajante

7 – Cantinho de Ná

8 – Família Viagem

9 – Viajando em Família

10 – Do RS para o Mundo

11- Passeiorama

12 – De Primeira Viagem

13 – TripBaby

14Dicas da Rege

15Trilhas e Cantos

16 – Andreza Dica e Indica

17 – O Rei do Hotel

18 – Ases a Bordo

19 – No Mundo com a gente

20 – Ferinhas Viajantes

21 – Vem Pro Parque

22 – Malas e Panelas

23 – Pra Disney e Além

24 – Descansa na Volta

25 – Roteiro Renatours

26 – Espelho de Si

27 – Gosto e Pronto

28Vem que Te Conto

29 – Malas e Malinhas

30 – Mel a Mil Pelo Mundo

 
  Gostou da Dica? Então acesse o Facebook e curta nossa página!

Se gostou deste Post ou de outros e vai Viajar, faça sua Reserva de Hotéis ou Compre sua Passagem na Guia de Passagens e Hotéis, pois você não paga nada a mais e ainda ajuda nosso site a continuar dando boas dicas de viagens!

Contadora de números e de histórias, funcionária pública, que encaixou em sua rotina maluca seu novo hobby: escrever um blog. Ficou viciada em viagens há três anos quando fez uma viagem inesquecível para a Europa e de lá pra cá não conseguiu parar de viajar mais!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Tem Alguma Dúvida? Gostou? Então Fale Com a Gente:

28 Comentários

  1. Queria conseguir ser mais tranquila com as faltas na escola. Não consigo =( Talvez por eu ser professora acabe levando tão a sério a frequência kkkk
    Mas adorei ver seu relato q acredito que ele possa me ajudar a ser mais flexível kkk =)

  2. dicas da rege disse:

    Carol também concordo com teu pensamento, dou muito valor à educação mas também muito valor às viagens, e até hoje a Isah que está com 14 anos nunca foi prejudicada na escola…mas claro, cada caso é um caso e cada família deve saber como concciliar né?? abraços

  3. Olá! Gostei da maneira como você apresentou de forma direta a necessidade de viajar! Essas lembranças que vão ficar, não é mesmo? Com responsabilidade e planejamento, dá-se um jeito! 🙂 bjs!

  4. Carol, adorei a dica da multiplicação dos dias. O que era apenas um feriado, rapidinho vira uma data perfeita para alguma viagem com nossos filhotes.
    Abraços.
    Patricia Tayão.
    http://www.viajarhei.com
    @viajarhei

  5. Muito bom o post, concordo plenamente com vc. Minha filha está no primeiro ano e também acho que faltar uns dias para viajar não prejudica o aprendizado dela. Esse ano acabamos fazendo 2 viagens em periodo escolar, ambas e ela falto alguns dias, mas segundo a professora, ela está acompanhando bem e não teria problemas, então acabamos encarando. Sempre que tiver oportunidade vamos continuar fazendo isso, mas o grande problema que vejo é que precisamos planejar as viagens com muita antecedencia e com isso não dá para saber se a criança estará atravessando alguma dificuldade no conteúdo, acaba sendo na sorte mesmo.
    Abraços

    • Carol Miranda disse:

      Kelly, este ano arrisquei três vezes! Marquei três viagens, e tive sorte de não cair na semana de provas, minha maior preocupação. Que bom que você também não teve problemas. Pode ser que com o passar dos anos a coisa mude, mas por enquanto, vamos aproveitando!

  6. Barbara disse:

    O planejamento é a alma do negócio e por aqui também fazemos o mesmo. ótimo ler sua experiência. bjs

  7. Guaciara disse:

    Eu concordo demais que viajar é uma ótima experiência para toda a família e não deixa de ser um aprendizado, né? Boas dicas, adorei!

  8. Debora disse:

    Carol,
    Aproveite que seu filho ainda esta no começo do Fundamental 1 e curta as viagens com seu filhote!!

  9. Carol, não tinha pensado em anotar as datas das provas de um ano, para planejar as viagens do ano seguinte! No próximo ano, quando se iniciam as provas do Ferinha, vou por em prática!!! Obrigada pela dica! Abraços.

  10. oi Ana, adorei a parte do seu texto que menciona a multiplicação dos dias: pega o fim de semana antes e o depois e consegue transformar cinco faltas em dez dias de férias. Nós estamos nessa, sem dúvida alguma! rs
    Obrigada pela sua visita lá no Diário de Viagem. bjo

  11. Fran Agnoletto disse:

    Carol,
    Confesso que queria ter o seu espírito tranquilo.
    Sou o stress em pessoa e esse assunto tem que deixado hiper nervosa esse ano.
    Tomara que tenha sido, apenas pela grande mudança que passamos, com o inicio do ensino fundamental, e que ano que vem eu já esteja mais tranquila e experiência nesse assunto.
    Beijão

    • Carol Miranda disse:

      Fran,
      Espero que no ano que vem você fique mais tranquila. Não acho que meu filho tenha ficado prejudicado em função de nossas viagens. Também não fiz nenhuma viagem em que ele precisasse de faltar mais do que cinco dias. Acho que o conhecimento que ele ganha com as viagens é enorme. No ano passado fiquei mais preocupada por ter sido o ano da alfabetização. Bjs

  12. tripbaby disse:

    Carol, amei seu post. Planejamento é a palavra chave para não prejudicarmos nossos pequenos. Com organização tudo pode ser conciliado.

  13. Patricia PApp disse:

    Quanto mais eles crescem, mais precisamos planejar né? A ginástica com calendários x passagens x feriados está cada vez maior!!!

  14. Carol, muito bom seu post… planejamento é tudo!!! E aproveite enquanto conseguem conciliar… vai chegar o tempo em que seu filho vai se sentir prejudicado na hora de por a matéria em dia… O importante é acompanhar de perto, sempre Bjs

  15. deabe disse:

    Oi, Carol, minha filha tem 11 e por aqui decidimos que ela não pode faltar mais do que dois dias de aula em razão de viagens. Muito bom o seu post.

  16. Adorei o seu pimpolho, preocupado com as tarefas da escola. E a gente fica com dó mesmo, parece que prejudicamos eles né! Mas sabemos que não é nada disso. Meu filho já esta com 17 anos e ele sempre teve facilidade de aprendizagem, tenho certeza que as viagens ajudaram muito. Hoje ele já esta fazendo curso para vestibular e para continuarmos viajando juntos, aproveitamos as viagens de competição para acompanha-lo.
    Beijos

    • Carol Miranda disse:

      Acho que nossos filhos aprendem muito nas viagens. Meu filho de 7 anos sabe muito mais coisas do que eu sabia com a mesma idade e acho que as viagens contribuíram muito para isso. Espero que quando o seu entrar na faculdade ainda consiga acompanhá-los nas viagens.

  17. Debora disse:

    Adorei a multiplicação dos dias!! Aqui fazemos isso também. Saímos em viagem no final da sexta e, geralmente, nos agendamos para chegar na segunda cedo, muitas vezes, indo direto para a escola! E os combinados e as dicas são excelentes. Bom pra todos mundo. Um bj

  18. Cynara Vianna disse:

    Concordo com você Carol, se acompanhamos o dia a dia dos estudos e somos presentes na escola de nossos filhos, as viagens durante as aulas não vão acarretar em prejuízos Já ficamos 28 dias com nossos meninos de abril a maio quando eles tinham 9 e 12 anos. Na volta, o mais velho disse que não queria mais se ausentar tantos dias seguidos, que planejássemos viagens mais curtas. E assim fizemos, como ele é muito responsável nos estudos, sentiu falta das anotações que faz durante as aulas, mas não teve problemas com as notas, mas acatamos ao pedido dele e depois dessa fazemos viagens de 10 a 12 dias tendo os finais de semana como aliados.

    • Carol Miranda disse:

      Cynara seu filho deve ser estudioso mesmo! Achei uma gracinha ele pedir para não se ausentar tantos dias da escola! Espero que o meu também seja assim!