São Paulo

Museu da Imaginação: Passeio Imperdível Com Crianças

O Museu da Imaginação foi inaugurado em São Paulo este ano! Isso mesmo, ele passou a funcionar em janeiro de 2017 e já é um sucesso. Quando li a proposta do museu tive certeza: em minha próxima viagem a São Paulo, certamente irei conhecer. E foi o que fiz. A proposta do museu é incrível. Nele as crianças serão convidadas a tocar em tudo, a explorar sua imaginação e a BRINCAR! 

A visita é guiada e você pode permanecer no museu por três horas. Achei o tempo suficiente para explorarmos tudo com calma. Durante todo o tempo a Lilian (que foi a nossa guia) ficou ao nosso lado, dando asas a imaginação do Biel que está com 8 anos e da Silvia que está com 5 anos.

Museu da Imaginação

Como o museu é interativo, após uma breve explicação da Lilian, os pequenos foram estimulados a andar e tocar em tudo. E durante toda a brincadeira aprenderam muito explorando os sentidos da visão, audição e tato. Em alguns momentos tiveram que ver, outros escutar e depois pegar e foi uma festa só. Eu abracei a proposta do museu e adorei.

Exposição Ora Bolas

Começamos nossa visita ao museu por esta exposição. Em uma sala escura estão penduradas diversas bolas azuis, vermelhas e amarelas no teto.  Elas sobem e descem o tempo todo. E as crianças passam a imaginar o que são aquelas bolas, para que estão ali. A Lilian pergunto para o Biel o que ele achava que eram aquelas bolas e ele respondeu: “Acho que é o Sistema Solar”. 

Durante todo o tempo em que permanecemos na sala, nossa guia fez várias perguntas para os meninos e conseguiu entrar no mundo da imaginação deles. 

Museu da Imaginação 2

Sala das Esferas 

Já posso adiantar que amei a proposta desta sala. Aqui é apresentada um releitura da obra de Pablo Picasso, feita pelos artistas Paulo Mercadante, Ninetta Rabner, Adriana Rizkallah e  Norma Grinberg.

Sala das Esferas

Logo que chegamos à sala, a Lilian falou para os meninos explorarem o lugar e encontrarem coisas que fizessem barulho. E eles fizeram a maior bagunça. Pegaram em tudo. Acho que não teve nada que escapou do Biel e da Silvia. Exploraram todos os cantinhos da Sala das Esferas. 

Depois a Lilian fez uma brincadeira super legal com eles. Pediu que fechassem os olhos, escutassem um barulho e dissessem o que aquele som lembrava. Foi super divertido. O Biel disse que o barulho era de uma ampulheta; já a Sílvia disse que o barulho era de uma panela fritando. Quer saber que barulho era? Era o barulho das areias de uma praia. Ficamos encantados com as repostas dos meninos, viu como foram estimulados a imaginar?

Museu da Imaginação 3

Em seguida a Lilian convidou o Biel para ler um texto escrito na parede por Bel Lacaz. Ela convida os visitantes a entrarem no mundo de Paulo Mercadante que desconstrói fotografias, Ninetta Rabner que usa a pintura para mostrar seu estudo das obras, Adriana Rizkallah que preenche o espaço da sala com enormes bolas coloridas de papel machê. e a leveza das cerâmicas de Norma Grinberg.

O Biel foi lendo linha por linha do texto e convidado a procurar os objetos que foram pintados por aquele artista. Foi super divertido. Ao entrar nesta sala já me apaixonei pela proposta do museu: levar as crianças a imaginar e brincar. Foi isso que meus pequenos fizeram nesta sala. Amei!

Sala das Esferas 2

Exposição Eu/Tu/Ele/Nós/Vós/Eles

Infelizmente quando visitamos o Museu, essa exposição ainda não estava funcionando. Ela iria ser inaugurada na semana seguinte. Mas pude entrar e tirar algumas fotos. A exposição retrata a união do lifestyle do skate com a arte contemporânea.

Como tudo no museu esta exposição também leva as crianças a imaginar. Alguns skates ficam suspensos em cabo de aço e trazem várias imagens que representam o espaço sideral, como explosões de luz, buraco negro e galáxias.

Nesse espaço existe um local com tinta e lousa para que as crianças  possam desenhar, pintar e se divertir.  

Exposição Eu/Tu/Ele/Nós/Vós/Eles

Espaço das Estações Lúdicas

Só de entrar nesse espaço já sabia que daria trabalho tirar os pequenos de lá. É um espaço que convida as crianças a brincar como antigamente. Meus pequenos já foram correndo para a casa na árvore. 

Espaço das Estações Lúdicas

Achei a proposta desta casa na árvore super legal. Você está vendo este cano transparente na foto abaixo? Reparou que o Biel esta colocando sua mão dentro dele? Ele estava colocando um pano bem fininho dentro do cano, que é sugado e sai voando por cima da casa. É super divertido. A Silvinha se divertiu muito ali. Nos panos estão desenhados borboletas, folhas, pipas… Esse brinquedo realmente é um passeio pelo mundo da imaginação. 

Espaço das Estações Lúdicas 2

Existe também uma estação de música, com microfone, bateria, guitarra, violão e teclado para as crianças tocarem. O mais legal é que para escutarem o som por elas produzido, tem que usar os fones de ouvido. Como meu filho quer ser um astro do rock, é lógico que ficou bastante tempo por ali. 

Ele também adora games e desafios. Adorou ter que pedalar em equipe para vencer o desafio: ajudar os personagens a atravessar uma ponte. Aqui é retratada a importância do trabalho em equipe.

Espaço das Estações Lúdicas 3

Outra atividade em equipe que achei super interessante foi a “O poder das águas”. Nela as crianças aprendem sobre o poder das águas na geração de energia. Elas tem que ficar apertando firme as pistolas e mirando nos geradores de energia. A medida que eles rodam a energia é produzida as luzes laterais do brinquedo se acendem. 

Está vendo na foto abaixo a Silvinha e sua mamãe olhando dentro dos cubos laranja? É uma brincadeira super divertida. Dentro de cada cubo encontramos os olhos de um animal diferente. 

Espaço das Estações Lúdicas 4

Perdi as contas de quantas vezes eles brincaram na Estação das Bolas Malucas. A Silvinha não queria sair de lá.  As crianças podem interagir com bolas gigantes penduradas no teto e circular pelas redes flexíveis presas nas paredes. Diversão garantida. 

Museu da Imaginação São Paulo

Quer conhecer todas as atividades disponíveis na Estação Lúdica, então entre no site Museu da Imaginação e descubra. Dividi com vocês os lugares que meus pequenos mais gostaram de brincar. Já adianto que saíram de lá chorando, pois não queriam ir embora.

Veja no vídeo um pouco do que você encontrará no museu:

Informações

Site: Museu da Imaginação

Endereço: Rua Ricardo Cavatton, 251 – Lapa

Horário de Funcionamento: De terça a domingo das 10 às 13h e das 14h às 17h – turnos de 3 horas

Valor: Crianças R$ 80,00; adultos R$ 50,00. Gratuito para crianças até 2 anos e 11 meses (valor em maio de 2017). Para saber mais, acesse Ingressos Museu.

Estacionamento conveniado: R$ 20,00

Gostaríamos de agradecer ao Museu da Imaginação pelos momentos maravilhosos proporcionados aos meus pequenos. Em especial a Lilian e a Denise que nos atenderam com muito carinho. 

Booking.com

Talvez você se interesse por nossos outros posts 10 Passeios Incríveis em São Paulo na Visão de uma CriançaMuseu Catavento Cultural São Paulo, Jogo de Fuga é no Escape HotelDica de Hotel em São Paulo.

Se gostou deste Post ou de outros e vai Viajar, faça sua Reserva de Hotéis ou Compre sua Passagem na Guia de Passagens e Hotéis, pois você não paga nada a mais e ainda ajuda nosso site a continuar dando boas dicas de viagens!

Gostou da Dica? Então acesse o Facebook e curta nossa página!

Contadora de números e de histórias, funcionária pública, que encaixou em sua rotina maluca seu novo hobby: escrever um blog. Ficou viciada em viagens há três anos quando fez uma viagem inesquecível para a Europa e de lá pra cá não conseguiu parar de viajar mais!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Tem Alguma Dúvida? Gostou? Então Fale Com a Gente:

21 Comentários

  1. Helenita disse:

    Gostei muito deste museu. Você acha que uma criança de quatro anos aproveita ou é para crianças maiores?

  2. Me lembrou muito o MIM de Santiago! É muito divertido (pra adultos também!) 🙂

    • Carol Miranda disse:

      O Museu é realmente incrível, mas seu foco principal são as crianças. O MIM tinha várias atividades que envolviam também os adultos.

  3. Adorei a proposta, mas o preço está meio alto mesmo para os padrões de São Paulo.

  4. Alessandra disse:

    Nossa, adorei este lugar, não tenho mais crianças em casa, mas quero conhecer com certeza.

  5. Fernanda disse:

    Adorei! Não conhecia e com certeza irei recomendar para os amigos com crianças. Muito legal que eles incentivem os pequenos a brincarem e explorarem o ambiente! Achei muito legal também eles chamarem de Museu, para ajudar as criança a assimilarem desde cedo esse tipo de lugar 🙂

  6. polianacardozo disse:

    Gente! Que lugar legal, eu nunca tinha ouvido falar. Obrigada por compartilhar a dica 🙂

  7. Que museu diferente!!! Ainda não o conhecia… E deve ser incrível visitá-lo com crianças… Elas devem aproveitar muito!!!

  8. Muito interessante e bem-feito este museu. Vou passar para o meu irmão, que tem filhos. Só achei o preço caro, ainda mais pra quem tem mais de duas crianças, como é o caso dele. Acho que SP deveria fazer uma cartão que valesse para vários museus e também colocar um dia de entrada gratuita

  9. quanta coisa legal para as crianças, eu ia fica maluca se fosse novinha ali aheuahea muito legal o nome da sala ora boolas

  10. Adorei sua cobertura Carol! Não vejo a hora de ir também!!!

  11. Que passeio incrível! Adorei. O preço é um pouco acima dos museus mas tenho certeza que deve valer a pena. Uma excelente dica para quem viaja com crianças!

  12. Muito legal, especialmente por ensinar as crianças a interagirem com museu e gostarem!
    Só achei o preço um pouco salgadinho para famílias 🙂
    Abs

  13. cristiane disse:

    Muito legal!!!! Bem interativo e dando asas a imaginação das crianças.