Suíça: 5 Lugares que Devem Estar no seu Roteiro

    15
    1030

    Montar um roteiro pela Suíça não é lá uma tarefa muito fácil, o país tem tantos lugares maravilhosos, que fica bem difícil escolher quais conhecer. 

    A Suíça foi um dos lugares mais lindos que visitei em minha vida. Infelizmente conheci somente as cidades de Lucerna e Zurique, mas morro de vontade de voltar. Por isso, convidei minha amiga Fernanda Diniz do blog Viagens de Mãe, que morou vários anos na Suíça para escrever esse guest post, com dicas sobre esse país maravilhoso. Espero que gostem das dicas da Fernanda, pois eu amei!!!

    Suíça: 5 lugares que não podem ficar de fora do seu roteiro
    Vamos Por Aí na Suíça

    5 Lugares que Devem Estar no seu Roteiro

    A Suíça é um país pequeno, porém repleto de atrações. Em se tratando de belezas naturais, desconheço lugar no mundo que tenha tantos lugares lindos pra visitar: lagos, montanhas, parques… não é um país tropical mas é, sem sombra de dúvidas,  “abençoado por Deus e bonito por natureza!”

    Tive a oportunidade de morar na parte francesa da Suíça durante 4 anos e, acreditem, não conheci tudo de lindo que esse país tem pra oferecer. Mas durante esse período, tive a chance de visitar muitos dos lugares mais lindos que já vi na vida. E, alguns deles, considero imperdíveis para quem planeja conhecer a Suíça.

    Selecionei 5 passeios que merecem entrar no seu roteiro, os meus queridinhos. Um misto de cidades e atrações que combinam montanha, lagos e história. Uma forma de você ver um pouquinho de tudo o que a Suíça tem para oferecer.

    Algumas dicas práticas

    Mas antes da lista dos lugares que selecionei, preparei algumas dicas práticas sobre a Suíça, um guia para iniciantes com informações básicas e necessárias para preparar sua viagem.

    Como chegar à Suíça? 

    Do Brasil para a Suíça, há opções de voo direto de São Paulo para Zurich pela Swiss AirLines. Outras companhias aéreas fazem o trajeto, porém com conexões, a depender da companhia. Por exemplo, a TAP faz conexão em Lisboa, a Ibéria em Madrid, Lufthansa em Frankfurt.

    Minha dica é definir qual será seu destino na Suíça (se Zurich ou Genebra, por exemplo) e, a partir disso, pesquisar as melhores opções de voo combinadas aos melhores preços de passagem. Se você fizer o voo por Zurich, separe um dia para conhecer a cidade. O mesmo vale para Genebra. São duas cidades importantes no país com muitas atrações, mas não falarei sobre elas aqui. Meu foco é mostrar outros destinos a vocês, mas acho que vale sim passar um dia ou dois nessas super cidades, especialmente se você chegar ao país através delas.

    Há quem visite a Suíça saindo de outro país da Europa. Nesse caso, é possível ir de carro ou de trem. As duas opções são muito interessantes, pois você já vai curtindo a paisagem pelo caminho. Para quem visita Paris, é possível ir para Lausanne de TGV (o Trem de Grande Velocidade). Se você estiver na Alemanha, há também opções de viajar de trem para Berna, por exemplo. Ou seja, tudo vai depender do seu roteiro.

    Compre sua passagem para Suíça no Viajanet  e garanta as melhores tarifas. 

    Transporte

    Lago Blausee na Suíça: lugares para conhecer na Suíça
    Lago Blausee

    Uma vez na Suíça, transporte não vai ser seu problema. A Suíça é um país que tem um transporte público de fazer inveja. Extremamente organizado, é possível ir de uma cidade a outra de trem ou até de barco. Se você adquirir o Swiss Travel Pass, vai poder usar todos os transportes públicos e ainda terá descontos em algumas atrações no país.

     

    Vale a pena dar uma olhada no site deles e considerar essa possibilidade: Swiss Travel Pas.

    Moeda

    A moeda utilizada na Suíça é o franco suíço. E sim, tudo o que você já ouviu sobre a Suíça ser um país caro é verdade. Mas nada que um bom planejamento não faça sua viagem possível sem você deixar um rim por lá.

    Se você já estiver pela Europa e já tiver euros, alguns estabelecimentos (a maioria deles) aceita euros, porém irão devolver o troco em franco suíço a partir da cotação deles. Então de repente é mais viável já levar um pouco de franco suíço ou trocar nos bancos ou casas de câmbio disponíveis nos aeroportos e também nas estações de trem.

    Energia

    A voltagem na Suíça é de 220  volts. Existem tomadas de dois pinos (tipo C) e de três pinos (tipo J). Certifique-se de levar um adaptador em sua mala caso esteja carregando aparelhos eletrônicos.

    Confira 20 dicas para planejar uma viagem para o exterior

    Qual a melhor época para ir à Suíça?

    A Suíça é linda em qualquer época do ano, essa é a grande verdade. Há lugares pra ver neve o ano todo, então se você quer neve, não precisa necessariamente ir ao país durante o inverno. Pesquise sobre o Glacier 3000 e a região de Interlaken, lugares que sempre estão cobertinhos de branco. Zermatt também é uma boa opção para ver neve, independente da época do ano (falarei mais sobre essa cidade já já).

    Mas na minha opinião, a melhor época de visitar o país dos alpes é maio. A primavera explode em cores, as temperaturas são extremamente agradáveis e ainda é possível ver neve no topo das montanhas.

    Quantos dias ficar?

    Eu morei por 4 anos e não consegui ver tudo rsrs. Mas acho que para conhecer o principal da Suíça, você precisa de, no mínimo, 5 dias. Tempo suficiente para você visitar os 5 lugares que vou  listar agora. Os 5 lugares que não podem ficar de fora do seu roteiro pelo país dos alpes. Então, vamos a eles:

    1º Zermatt e a montanha Matterhorn

    Zermatt é uma cidade linda que vai te oferecer uma experiência única: conhecer uma cidade onde carros não são permitidos e visitar uma das montanhas mais famosas do mundo, o Matterhorn.

    Zermatt e a montanha Matterhorn
    Zermatt na Suíça

    Para chegar a Zermatt, se você estiver de carro, vai ter que estacionar na cidade de Täsh, que é a cidade mais próxima e, de lá, pegar um trem para Zermatt. Se você estiver viajando de trem, mais fácil ainda. Uma vez na cidade, não deixe de caminhar pelo centrinho histórico e ver as casinhas de madeira com seus mais de 500 anos.

    Se o dia estiver bonito, dali da cidade mesmo você vai ver o Matterhorn. Mas eu recomendo subir uma das montanhas pra vê-lo ainda mais de perto e ter fotos cinematográficas.

    Lugares lindos na Suíça
    Fernanda Diniz na Suíça

    O Gornergrat foi a montanha que subimos, pois é mais recomendada para ir com crianças. No entanto, o Matterhorn Glacier Paradise é o mais famoso, mesmo sendo o mais caro. A subida, que custa 100 francos suíços, te leva até o topo da estação de bondinho mais alta da Europa. De lá, através de uma plataforma, você tem uma vista privilegiada do Matterhorn.

    Outra atração do Glacier Paradise é um palácio de gelo. E no verão, dá pra escorregar de boia pela neve. Diversão garantida pra qualquer idade.

    Nosso roteiro completo e dicas sobre Zermatt estão em Zermatt e o Majestoso Matterhorn

    2º Lago Blausee

    A Suíça tem inúmeros lagos espalhados pelo país, cada um com sua extensão, beleza e particularidade. Mas o mais bonito e mais impressionante é, certamente, o Blausee – que significa Lago Azul. O lago tem esse nome porque é realmente um lago azul. Cenário de filme que não pode ficar de fora do seu roteiro.

    Blausee - Lago Azul - Suiça
    Lago Blausee

    O Blausee fica na região de Kandersteg e é possível chegar lá tanto de carro quanto de transporte público. O lago fica dentro de um parque com estrutura para piquenique, parquinho para crianças e um restaurante. A entrada custa 8 francos-suíços por pessoa de março a novembro. Entre novembro e março, a entrada é gratuita.

    cidades mais bonitas da Suíça
    Lago Blausee

    O Blausee tem seu auge no verão e é possível combinar essa visita com outro lago lindo que fica ali perto, o Oeschinensee. Nós visitamos o Blausee e o Oeschinensee em um dia e é um passeio que recomendo. 

    3º Gruyère

    É cenário de filme que vocês querem ao visitar a Suíça? Então incluam Gruyère pra completar esse roteiro cinematográfico.

    Gruyère na Suíça
    Gruyère

    A apenas 35 minutos de Berna ou 25 minutos de Vevey, Gruyère é uma cidadezinha medieval localizada numa região alpina. Cenário de filme mesmo, perfeito para as mais variadas fotos (fiz muitas das minhas fotos de gestante lá).

    A cidade abriga um castelo medieval extremamente preservado e restaurantes super charmosos. Meu preferido era o Le Chalet, lugar que faz o melhor fondue que já comi na vida.

    Roteiro na Suíça: Gruyère
    Gruyère

    Dicas: A visita ao castelo custa 10 francos-suíços por pessoa e dura cerca de 1 hora. Se for verão, não deixe de passear pelos jardins do castelo. Para comer no Le Chalet, reserve antes. O restaurante é super concorrido e está sempre lotado.

    Antes de chegar à cidade, passe pela Maison du Guyère, uma fábrica de queijo Guyére que mostra como o queijo mais saboroso da vida é feito. Durante a visita, você recebe três tipos diferentes de queijo para degustar. Se tiver tempo, estique seu passeio até a cidade de Broc e visite a fábrica de chocolates Cailler, da Nestlé.

    4º Berna: a capital da Suíça

    Muita gente não sabe, mas Berna é a capital da Suíça, e não Zurich. Berna, além de ser uma cidade incrível, é uma excelente opção de base para sua viagem pela Suíça. Sua localização central permite que você se desloque dali para as principais atrações do país sem precisar percorrer longas distâncias.

    cidades para conhecer na Suiça: Berna
    Berna – a capital da Suíça

    Dentre as principais atrações de Berna estão o Parque dos Ursos, o Rosengarten e o Museu do Einstein. Mas nada se compara ao centro histórico, que é considerado Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco.

    Lugar para apreciar uma arquitetura marcante, conhecer a famosa torre do relógio (Zytglogge) e ainda passar por diversas fontes de água potável que enfeitam as ruas (são mais de 100 espalhadas pela cidade, sendo 11 ainda da idade média).

    Berna: roteiro na Suiça
    Berna na Suíça

    Veja aqui nosso roteiro completo por Berna com dicas de onde ficar e onde comer na cidade.

    5º Vevey

    E claro que, por fim, eu puxaria sardinha para a cidade em que tive o privilégio de viver durante 4 anos. Vevey fica na parte francesa da Suíça e parece até cidade cenográfica de tão charmosa. Às margens do Lago Léman, a cidade tem uma vista incrível para montanhas e um cenário bucólico perfeito para descansar a mente.

    Vevey: cidades mais belas da Suíça
    Vevey na Suíça

    E não sou a única que morou lá não. Charles Chaplin também passou os últimos anos de sua vida lá, em Corsier-sur-Vevey (parte alta da cidade). Uma das atrações para quem visita Vevey é exatamente a casa onde ele morou. Localizada em um lugar de vista privilegiada, a casa foi transformada em um museu que conta a história do artista.

    Nas margens do Léman, uma estátua em homenagem à Chaplin bem em frente a outro ícone da cidade: a escultura de um garfo fincado na água, homenagem do artista Jean-Pierre Zaugg para o aniversário de 10 anos do Museu da Alimentação, outra atração da cidade também localizado às margens do Léman.

    Escultura de Garfo em Vevey na Suíça
    Escultura de Garfo em Vevey na Suíça

    Curiosidade: o garfo foi colocado no lago em 1995 para as comemorações dos 10 anos do Museu, mas foi retirado em seguida. No ano seguinte, a população votou pela volta do garfo e ele se tornou um símbolo da cidade. Não há quem visite Vevey e não queira uma foto por ali. Das tradicionais às mais criativas, o garfo já foi até tema de concurso de fotografia promovido pelo Museu.

    Passear pela beira do lago, andar pelas ruazinhas do centro histórico e visitar o Museu do Chaplin fazem de Vevey um ponto de passagem muito interessante em sua viagem pela Suíça. Estique seu passeio até Montreux, cidade famosa pelo anula festival de Jazz e uma das mais visitadas na parte francesa da Suíça.

    Museu do Chaplin - Vevey - Suiça
    Museu do Chaplin em Vevey

    Leia também o artigo Visita à Fábrica da Cailler em Vevey

    Carol, obrigada pelo convite para escrever sobre a Suíça aqui no Vamos por aí. Foi um prazer e espero que seus leitores tenham gostado dessas dicas e sugestões de passeios. Se ficou alguma dúvida, entrem em contato conosco que vai ser um prazer ajudar e dar outras dicas de viagem por esse país lindo pelo qual tenho tanto carinho.

    Fernanda Diniz – Viagens de Mãe

    É Obrigatório fazer Seguro Viagem para Viajar para Suíça?

    Sim, é obrigatório. Para entrar na Suíça e em vários lugares da Europa é necessário ter um seguro de viagem com o valor mínimo de  € 30.000

    Vinte e cinco países da Europa assinaram o Tratado de Schengen estabelecendo essa obrigatoriedade. O objetivo dessa regra é garantir que o visitante possa pagar as possíveis despesas médicas surgidas durante a viagem, inclusive em caso de óbito.

    Nós recomendamos o Seguros Promo, que é um comparador de seguros. Ele funciona como a Rentacars. Apresenta o valor de várias seguradoras, para você escolher qual plano prefere. Faça já sua cotação pelo link abaixo e garanta 5% de desconto, basta digitar o código VAMOSPORAI5. Veja aqui Como contratar um seguro viagem.

    Europa 1

    Quer ficar conectado com a internet durante sua viagem? 

    Isso é possível!!! A empresa Viaje Conectado comercializa chips para uso de internet ilimitada em vários lugares do mundo. Nós já usamos, gostamos e recomendamos.

    Você compra o chip e já sai do Brasil com ele em mãos. Chegando no destino é só colocar no seu celular e já terá acesso a internet. Bom demais, né? 

    Mais dicas sobre a Europa

    Alpes Suíços: Um passeio Cinematográfico!

    Turismo de inverno em Chamonix Mont Blanc dicas Ares do Mundo

    O que fazer em Sintra

    7 Cidades encantadoras em Portugal

    Alpes Suíços: um passeio cinematográfico

    11 lugares que você precisa conhecer em Roma

    Nosso roteiro pela Europa

    Gostou da Dica? Então acesse o Facebook e curta nossa página!

    • Se vai viajar:

      • Reserve seu hotel pelo Booking ou pelo Hoteis.com;
      • Veja o seguro ideal para cada viagem! Compre seu seguro viagem pelo comparador Seguros Promo;
      • Encontre os melhores preços e compre sua passagem aérea pelo Viajanet e boa viagem!
      • Clique nos links acima, faça sua pesquisa e compre por lá, você não paga nada a mais e ainda ajuda nosso site a continuar dando boas dicas de viagens!

    15 COMENTÁRIOS

    1. Zermatt e Blausee estão na minha lista de desejos. Suíça é linda demais, o único ruim é ser cara para nós brasileiros rs

      • Também acho… se fosse mais barato ficaria meses por lá! Bjs

    2. Ameeei o post! Conheci só uma partezinha da Suíça e saí com gosto de “quero mais”. Meu maior desejo é conhecer o Matterhorn e eu achava que pra isso, era só chegar em Zermatt. Agora já irei preparada!! Obrigada pelas dicas!

      • Que bom que gostou das dicas! A Suíça é um lugar que sempre temos vontade de voltar! Bjs

    3. PATRICIA LONGO TAYÃO

      Nossa, quantos lugares maravilhosos! Iria para qualquer um deles agora!

    4. Nossa, estou encantada! Um amigo acabou de voltar de lá e todos os dias mandava fotos e vídeos da Suiça. Sinceramente, acho que tá no TOP 5 de lugares mais bonitos do mundo. Amei suas fotos!

      • Que bom Roberta, fico feliz que tenha gostado do post. A Suíça é realmente linda!

    5. Que sonho conhecer a Suíça. As dicas estão muito boas, não vejo a hora de poder ver ao vivo essas belezas.

    6. Amei o seu post! Super detalhado!! Agora só fiquei na dúvida em qual época do ano ir…rsrs Tanto no verão quanto no inverno é lindo!!

      • Carolina a Suíça é linda em qualquer época do ano, mas a primavera é a melhor época para aproveitar melhor o país.

    7. Estou planejando minha viagem de 14 dias à Suíça (eba!) e me descabelando porque quero ir a todos os lugares, ver lagos, subir montanhas, fazer trilha, visitar as cidades e vilarejos. De suas sugestões, só não entrou no roteiro Corsier-sur-Vevey, mas é pura falta de tempo, porque adoraria visitar o Museu Charles Chaplin!

      • São tantos lugares lindos na Suíça né Márcia que deixa a tarefa de escolher alguns lugares para conhecer dificílima!Divirta-se na Suíça. Bjs

    8. uthia Portelinha

      Eu também adoro a Suíça. Conheço Zurique, Berna, Lucerna, Friburgo, Genebra e Basileia. Voltaria muitas vezes, se não fosse um país tão caro. Dica de Zermatt anotada. As casinhas com 500 anos devem ser lindas

      • Concordo com você, se não fosse tão caro iria um montão de vezes!

    E aí Gostou, Não Gostou? Deixe Seu Comentário: