Viña del Mar é a maior e mais conhecida cidade litorânea do Chile. Está localizada a 120 km de Santiago e 8 km de Valparaíso. É um dos mais importantes balneários do Chile. A cidade encanta por suas diversas áreas verde que lhe renderam o apelido de “Cidade Jardim” e também pelos castelos e palácios construídos no começo do século passado. Sem contar, claro, a possibilidade de fazer apostas no cassino local. Descubra aqui o que fazer em Viña del Mar!

O mar é gelado por conta da influência da corrente de Humboldt, que vem da Antártica e sobe por quase todo o litoral chileno. Se não dá para entrar na água, pelo menos dá para passear na praia e experimentar a gastronomia local, repleta de pescados e frutos do mar. A cidade é muito movimentada entre os meses de dezembro e fevereiro, quando recebe milhares de pessoas de férias.

Visitamos a cidade durante o inverno. Estava muito sol, mas o vento era muito frio, então passamos o dia tirando e colocando os casacos. 

O que fazer em Viña del Mar

Relógio de Flores

Começamos a visita pelo Relógio, por ser um dos principais cartões postais da cidade e é lindo.

Relógio das Flores Vinã del Mar

Pela foto abaixo, você consegue ver que o relógio está em frente à avenida beira mar da cidade.

O que fazer em Viña del Mar

De lá, fomos caminhando pela Avenida La Marina (a avenida da orla) e admirando o mar do Pacífico que é lindo!

Avenida La Marina, Viña del Mar

Castelo Wulff

Passamos pelo Castelo Wulff (Wulff Castle) que foi construído em 1906 por um comerciante alemão que deu seu nome a edificação. Em 1995 foi declarado Monumento Histórico Nacional. Hoje é um centro de exposições, gratuito, aberto ao público. 

Castelo Wulff, Viña del Mar

Não deixe de subir no mirante, pois a vista da cidade e do mar é linda e rende belas fotos.

Viña del Mar

De lá fomos para o Cassino Municipal que foi inaugurado em 1930. Ele tem três andares voltados para apostas, conta com 87 mesas e 800 caça-níqueis, além de salas de espetáculos e restaurantes. Para chegar até lá, continuamos caminhando pela Av. La Marina, depois de mais ou menos 450 metros, viramos a esquerda na Ponte Cassino e logo o encontramos. Ele fica na Av. San Martín, 199. Andamos menos de 1 km para chegarmos até lá.

Vinã del Mar, Chile

Passeio de Carruagem

Na frente do Cassino fizemos o tradicional Passeio de Carruagem que durou meia hora, tinham dois tipos de percurso e optamos pelo menor. As crianças adoraram passear de Carruagem e tiraram várias fotos. Tem carruagem de várias cores e a Silvinha que é viciada em Rosa, quis a carruagem rosa, o Gabriel foi comigo na vermelha, mas depois subiu e tirou fotos na azul. Negociamos e pagamos 30.000 pesos pelas duas carruagens.

Foi muito legal e é um passeio ideal para quem está com crianças, pois ficam muito empolgadas!  Não se esqueça de pedir desconto, pois nossa negociação começou com 20.000 pesos por carruagem e fechamos em 30.000 pesos as duas.

Passeio de Carruagem, Viña del Mar

Não esqueça do seu Seguro Viagem, faça já sua cotação com a

Seguros Promo pelo link abaixo e garanta 5% de desconto!


Contrate
Cassino Municipal

Depois do passeio, enquanto uma parte do grupo entrou no Cassino, a outra ficou com as crianças na Plaza Colombia (ao lado do Cassino) que tem um parquinho grande, com vários brinquedos na areia, muito conservados. Como nunca tinha entrado em um Cassino, é lógico que entrei e joguei. Pena que não permitem tirar fotos lá dentro. Li em vários locais que o Cassino cobrava entrada, mas não pagamos nada.

Cassino Municipal Viña del Mar

Fizemos uma pausa para lanches. Em frente ao Cassino tem uma rua com várias lanchonetes, restaurantes, sorveteria.. Levamos as crianças para almoçar no McDonald’s. Comeram o tradicional Mc Lanche Feliz por aproximadamente 3.000 pesos. Fomos à Sorveteria Bravissimo (Av. San Martin, 302), o sorvete era caro, mas delicioso. Veja a foto da banana split que tomamos:

Sorveteria Bravissimo, Vinã del Mar

Praia da Reñaca

De lá pegamos um ônibus e fomos para a Praia da Reñaca, para ver os famosos leões marinhos. O ônibus nos deixou bem no começo da praia e foi uma longa caminhada até chegar aos leões. Eu esperava vê-los mais de perto e o Gabriel ficou um pouco decepcionado, pois estavam nas pedras e não dava para ver de direito.

Praia da Reñaca

Aproveitamos para assistir ao por do sol e ouvirmos o som do mar. 

O que fazer em Viña del Mar

Esta região apresenta uma grande infraestrutura, muitos restaurantes, lojas, casas noturnas e muitos hotéis. No caminho pudemos observar a arquitetura local, que é bem diferente e bonita, com prédios que foram construídos nos morros e por isso tem formato de degraus. Alguns deles tem até elevador!

Viña del Mar

Como já estava no fim da tarde, pegamos um ônibus até uma estação de metrô e voltamos para Valparaíso. Meu filho ficou extremamente cansado, pois andamos muito neste dia.  Chegamos ao hotel por volta das 18 horas. Foi um dia muito gostoso e recomendamos muito que conheçam Viña del Mar, todos nós amamos a cidade!

Infelizmente não fomos ao Museu Fonck, famoso por ter do lado de fora um Moai original da Ilha de Páscoa. Fica para uma próxima vez, mas aí vão algumas dicas sobre o Museu:

No Museu de Arqueologia e História Francisco Fonck, mas conhecido como Museu Fonck tem uma coleção com 1400 peças de arte indígenas e artefatos arqueológicos da Ilha de Páscoa. Para maiores informações acesse Museu Fonck. O ingresso custa 2.700 pesos para adultos e 500 pesos para criança (valor em agosto/2017). Caso queira consultar valores do ingressos e o horário de funcionamento acesse aqui.

Lemos em vários lugares que dá para conhecer Viña del Mar e Valparaíso em um só dia, mas nós particularmente achamos que não, pois reservamos um dia inteiro para Viña e não deu tempo para conhecermos tudo.

Veja abaixo o mar de Viña del Mar – Oceano Pacífico, como é lindo!

Viña del Mar, Chile

Como Chegar à Viña del Mar

Partindo de Santiago

Viña del Mar está localizada a 120 km de Santiago. A viagem dura em média 1 hora e meia. 

  • Alugando um carro, você pode fazer isso pela Rentacars, que funciona fazendo a comparação de preço entre as principais locadoras de veículos. Você fará sua reserva aqui no Brasil, num site em português e quando chegar no Chile seu veículo já estará reservado.
  • De ônibus – As empresas Tur Bus e Pullman  fazem o trajeto, partindo do Terminal Alameda (próximo ao metrô Universidad de Santiago) e tem muitas opções de horário. Durante a maioria dos dias partem ônibus a cada 15 minutos para o litoral. Tentamos comprar as passagens com antecedência pela internet, mas não é possível, pois precisamos do RUT (versão chilena do CPF) e sem ele não é possível comprar. Mas não foi preciso. Não pegamos fila e tinha passagens para o próximo horário. O preço varia um pouco, entre 2.000 e 4.000 pesos. Pagamos 2.500 pesos na ida e 3.600 pesos na volta. Fomos pela Tur Bus, achamos ótimo não cobraram passagem das crianças (3 e 6 anos). A viagem durou aproximadamente 1 hora e meia. Não teve nenhuma parada no caminho. O ônibus era limpo e não estava lotado, as crianças nem precisaram viajar no colo. 
  • Excursões – muitas empresas fazem excursões de um dia na cidade. Os preços variam muito de uma empresa para outra e custam a partir de 25.000 pesos. Como nosso grupo era grande e ficaria muito caro, descartamos esta opção.

Partindo de Valparaíso

A forma mais fácil de chegar à Viña del Mar, partindo de Valparaíso é de metrô.  A  distância entre as cidades é de 8 km e o trajeto dura aproximadamente 20 minutos. 

Compramos um cartão recarregável, que custou aproximadamente 600 pesos por pessoa (ida e volta). A Silvia (3 anos) não pagou, mas o Gabriel (6 anos) pagou. Para ver o preço do metrô atualizado, acesse metro-valparaiso.

Descemos na estação de metrô Miramar, pegamos informações a respeito da direção que deveríamos ir e fomos caminhando (aproximadamente 10 minutos) até o Relógio de Flores (Reloj de Flores). Foi super tranquilo. 

Espero que tenha gostado das nossas dicas sobre o que fazer em Viña del Mar. Se você já foi na cidade e tem dicas legais, conta pra gente. Vamos adorar saber! Basta deixar um comentário aí embaixo. 

Mais Dicas Sobre o Chile

Roteiro no Chile: 8 dias

Estações de esqui do Chile

Neve em Farellones: muita diversão pertinho de Santiago

Caímos no golpe dos taxistas em Santiago

Vinícola Concha Y Toro por conta própria

Tour Gratuito em Valparaíso e Santiago

Como organizar uma viagem para o exterior

Gostou da Dica? Então acesse o Facebook e curta nossa página!

Se gostou deste Post ou de outros e vai Viajar, reserve seu hotel pelo Booking ou compre seu seguro viagem pelos Seguros Promo, pois você não paga nada a mais e ainda ajuda nosso site a continuar dando boas dicas de viagens!

18 COMENTÁRIOS

  1. Olá! Vou dia 21.10 pra lá e gostaria de matar uma curiosidade… li num blog que as pessoas se vestem muito bem para ir ao cassino… procede?? Traje social completo?? Obrigada!

  2. Gostei muito de ler este artigo sobre Vina del Mar. Cada vez fico mais curioso em visitar o Chile. Esta cidade parece muito bonita, adorei a marginal, o castelo À beira mar, e o passeio de carruagem parece ser uma daquelas experiências que tenho de levar ao meu filho. Obrigado pela partilha.

    • Pedro, confesso que gostei mais da cidade que meu pequeno. Mas leve o seu e depois me fala o que ele achou. A cidade é linda demais!

  3. Viña del Mar muito linda né! Um dos vários passeios lindos que o Chile proporciona! Falando na água gelada lembrei de uns amigos chilenos que vieram nos visitar em pleno inverno e quando fomos pra praia eles não saiam da água (que pra nós estava fria pra caramba) “Agua calientita” diziam eles, hehehe.

    • Como eu estava com duas crianças, queria fazer as coisas com calma, por isso reservei um dia para cada cidade. E acertei em cheio na escolha, pois consegui conhecê-las sem correria.

  4. Eu também adorei conhecer Vina del Mar, a cidade é realmente linda e tem diversas atrações maravilhosas. Quero muito voltar. Bjs

  5. Essa cidade me parece um charme. Uma pena que não tive tempo de conhecê-la quando estive em Santiago, optei em fazer um bate e volta para Valparaíso (meu maior arrependimento). Se pudesse voltar ao tempo, com certeza teria ido a Vina del Mar.

    Beijos

  6. Parabéns pelo relato! Também preferi conhecer Valparaíso e Viña por conta própria. Realmente conhecer as duas cidades em um dia é muito corrido, ainda mais nesses passeios de agência. Um abraço!

  7. Não te cobraram entrada? Poxa, quando eu fui não entrei justamente porque cobravam e achei ruim pagar para gastar dinheiro, heheh
    ps: também acho que não dá para conhecer as cidades num bate-e-volta.

    • Felipe fomos durante o dia e não cobraram nada de nenhuma pessoa de nosso grupo. Pode ser que cobrem durante a noite. Não sei ao certo! Só sei que não pagamos nada, graças a Deus, pois já estava esperando pagar!

E aí Gostou, Não Gostou? Deixe Seu Comentário: